tv fphand 24h

espaco

oakun brothers shoesseabago boat shoesmuzina shoesnike hyper fly shoesakademik footwearblue nuetralizer shoeskeens shoes on salebuy bally shoesshoes dutchall about bicycle shoessalomon and shoesfounder of nike shoesdeluxe x10 t-rex shoesshoes for planter fasciitispink nike running shoesblossom keds shoes
payday loan settlementloan payoff timesilent loanloans up to 5000types construction loansneed a loan nowrehabilitated loanfind loan sharksprimero home loansicklerville car loanfdic loan auctionsquicken loans areangoverment energy loansbest construction loanssuit student loanpayday loan interestcenlar loan presidentcommunity express loansgmc loan terrainconstruction mortgage loans

Brasil vence a Argentina e levanta a taça do Pan-Americano Júnior

pan2013Equipe superou os donos da casa por 25 a 21, neste domingo (24), em Mar del Plata, na Argentina

A Seleção Masculina Júnior de Handebol é a grande campeã do Pan-Americano, que foi disputado entre os dias 18 e 24 de março, no ginásio Ilhas Malvinas, em Mar de Plata, na Argentina. A equipe do técnico Jordi Ribera venceu a Argentina na final, por 25 a 21 (11 a 11 no primeiro tempo), e conquistou de forma invicta o título da competição, que concedia aos três primeiros colocados a chance de disputar o Mundial, na Bósnia, em julho.

O primeiro tempo foi bastante disputado do início ao fim, com as duas defesas jogando fechadas e dificultando o ataque. A Argentina começou abrindo o placar, mas não demorou para o Brasil igualar e assim seguiu durante boa parte do tempo. Aos 10 minutos, os brasileiros abriram três gols de vantagem, mas deixaram os argentinos encostarem no marcador. Com alguns erros de passes do Brasil, a Argentina aproveitou os contra ataques para virar e abrir dois gols de vantagem. Novamente, os brasileiros igualaram e o primeiro tempo terminou com 11 gols para cada lado.

Na volta à quadra, o Brasil teve mais tranquilidade e facilidade para furar o bloqueio argentino. Aos 18 minutos, pela primeira vez, conseguiu abrir cinco gols  e segurar a vantagem no marcador, auxiliado pelas boas defesas do goleiro Lucas.

O treinador Jordi Ribera ficou satisfeito com a atuação da seleção na competição. "A nossa defesa estava muito bem. Tivemos pouco tempo para treinar e mesmo assim nos apresentamos de forma satisfatória durante todo o campeonato", afirmou o espanhol.

Um dos destaques na defesa brasileira na partida foi o goleiro Lucas Bemegozzi Santana, do Esporte Clube Pinheiros (SP), que disputou uma competição internacional pela primeira vez e já estreou com vitória. "Acredito que joguei bem, inclusive superei as minhas expectativas. Estava tranquilo e contei com o apoio de todos, que me incentivaram muito. Estudamos bastante a equipe argentina e isso nos ajudou bastante", destacou o atleta de 20 anos.

Artilheiro do Brasil na partida com seis gols, o central João Pedro da Silva, do Esporte Clube Pinheiros (SP), atribui o bom desempenho da equipe ao técnico Jordi. "Nós temos a sorte de contar com um treinador muito bom, que deixa tudo claro e que nos orienta bem. A nossa equipe evoluiu bastante durante o campeonato e, no meu caso, o meu desempenho correspondeu às minhas expectativas", ressaltou.

Além de Brasil e Argentina, neste domingo, o Chile também garantiu vaga no Mundial, após vencer Porto Rico 34 a 28 e conquistar o bronze. O quarto lugar ficou com o Uruguai, que passou pela Venezuela por 34 a 27. O México foi o sétimo colocado, o Canadá, o oitavo, e o Paraguai, o nono.

Gols do Brasil: João (6), Leonardo Almeida (5), Arthur (4), Rodolfo (4), Diego (2), Fernando (2) e Cléber (2).

Seleção Masculina Júnior de Handebol

Técnico: Jordi Ribera

Assistente Técnico: Hélio Lisboa Justino

Auxiliar Técnico: Cássio Marques

Supervisor: Dênio Costa

Fisioterapeuta: Gustavo Pereira Barbosa

Diretor de Seleções: Vítor Martinez

Goleiros - Lucas Bernegozzi Santana (Esporte Clube Pinheiros/SP) e Roney Bengivenga Franzini (ADC Metodista/São Bernardo/SP).

Pontas - Cleber Antônio de Andrade (TCC/Unitau/Fecomerciarios/Tarumã-Taubaté/SP), Diego Aquino do Lago (Unopar Fel/Sercomtel/PR) e Vítor dos Santos Medeiros (Esporte Clube Pinheiros/SP).

Centrais - Fernando Skrebsky Dutra (Aceu/Univali/Famaj/Itapema/SC) e João Pedro Francisco da Silva (Esporte Clube Pinheiros/SP).

Armadores - Alan Dieigon Martins da Silva (TCC/Unitau/Fecomerciarios/Tarumã-Taubaté/SP), Arthur Malburg Patrianova (Esporte Clube Pinheiros/SP), Leonardo

Felipe Sampaio Santos (Esporte Clube Pinheiros/SP), Ramon Pereira de Oliveira (Aceu/Univali/Famaj/Itapema/SC), Rodolfo Malandrin de Oliveira (Esporte Clube Pinheiros/SP) e Rudolph Hackbarth (FAE Blumenau/FMD/SC).

Pivôs - Cauê Herrera de Oliviera (Associação Brasileira Hebraica/SP), Fúlvio Correa Volpe (Aceu/Univali/Famaj/Itapema/SC) e Leonardo Domenech de Almeida (Esporte Clube Pinheiros/SP).

Programação

Segunda-feira (18)

Venezuela 33 x 35 Porto Rico

Brasil 45 x 15 Paraguai (19 a 7 no primeiro tempo)

 

Terça-feira (19)

Chile 33 x 28 México

Paraguai 26 x 36 Canadá

Brasil 36 x 21 Porto Rico (16 a 8 no primeiro tempo)

Argentina 24 x 14 Uruguai

 

Quarta-feira (20)

Paraguai 20 x 22 Porto Rico

Uruguai 17 x 20 Chile

Canadá 30 x 34 Venezuela

México 15 x 32 Argentina

 

Quinta-feira (21)

Canadá 25 x 33 Porto Rico

Brasil 37 x 24 Venezuela (15 a 11 no primeiro tempo)

Uruguai 27 x 15 México

Argentina 31 x 19 Chile

 

Sexta-feira (22)

Venezuela 31 x 26 Paraguai

Brasil 51 x 20 Canadá (28 a 10 no primeiro tempo)

 

Sábado (23)

México 40 x 26 Paraguai

Argentina 32 x 20 Porto Rico

Brasil 32 x 17 Chile (15 a 6 no primeiro tempo)

Uruguai 34 x 27 Venezuela

 

Domingo (24)

México 31 x 17 Canadá

Brasil 25 x 21 Argentina

Chile 34 x 28 Porto Rico

Por: CBHb



Adicione esta página... .

PARCEIROS
parceiro1    parceiro2     parceiro3 logo solumax2