tv fphand 24h

espaco

oakun brothers shoesseabago boat shoesmuzina shoesnike hyper fly shoesakademik footwearblue nuetralizer shoeskeens shoes on salebuy bally shoesshoes dutchall about bicycle shoessalomon and shoesfounder of nike shoesdeluxe x10 t-rex shoesshoes for planter fasciitispink nike running shoesblossom keds shoes
payday loan settlementloan payoff timesilent loanloans up to 5000types construction loansneed a loan nowrehabilitated loanfind loan sharksprimero home loansicklerville car loanfdic loan auctionsquicken loans areangoverment energy loansbest construction loanssuit student loanpayday loan interestcenlar loan presidentcommunity express loansgmc loan terrainconstruction mortgage loans

ESPECIAL: Tudo tem seu começo - EC Pinheiros

É o clube recordista de títulos pelo Campeonato Paulista. Ao todo, o EC Pinheiros levantou a taça em 27 ocasiões. O sucesso do clube não se limita ao Estado de São Paulo. O time soma também títulos nacionais e internacionais. O mais recente foi o conquistado no Campeonato Sul-Americano de Clubes, que ocorreu em São Bernardo do Campo no começo de abril deste ano.

Um dos pilares para o sucesso de uma equipe é implantado muito antes de um campeonato adulto começar. O trabalho com as categorias de base é a primeira parte que projetará o futuro de conquistas de qualquer clube e, até mesmo, modalidade. É com esse espírito que o Diretor de Handebol do Pinheiros trabalha. Marcelo Sampaio, o Xexa, foi um goleiro de muito sucesso no clube e na Seleção Brasileira. Agora, fora das quadras, seu trabalho é garantir que o Pinheiros continue vitorioso.

Xexa fala que o processo de formação dos jovens atletas vem antes que as conquistas. “Na categoria infantil, para nós o importante é continuarmos o processo de captação e fidelização de nossos atletas, bem como sua preparação para que se tornem atletas de ponta. O ganho para nós deve vir em longo prazo. E se um resultado vier, ainda melhor”. E é com esse espírito que o diretor não elege um destaque nas equipes do Infantil do Pinheiros: “sempre é o coletivo. Desde cedo, procuramos mostrar que o vencedor é aquele que ajuda, que não falta, que respeita o colega e o adversário, sem perder a noção de que em competições tem de se dar o máximo, procurar fazer o seu melhor, lutar”.

onde_gin.handebol

O Pinheiros tem uma grande quantidade de associados que procuram o esporte. No entanto, mesmo com esse indicativo aliado ao fato de ser um clube vencedor, ainda há dificuldades para permanência de atletas. “Os jovens bem desenvolvidos para a prática esportiva acabam optando por outra modalidade por causa do aspecto financeiro. As Federações e a Confederação precisam desenvolver o esporte, incentivar o surgimento de novos clubes e entidades que invistam no esporte”.

Para conter a desmotivação dos atletas, o Pinheiros desenvolve estratégias que vão desde eventos e competições de diferentes formatos e lugares, como também a simples ação de colocar todos os meninos e meninas para atuarem nas partidas. Mas uma das medidas de mais sucesso é a integração dos infantis com os atletas do adulto; os espelhos da garotada.

“Criamos há três anos no clube a Copa Pinheiros, que tem sido um sucesso. Este evento tem como uma das suas filosofias basilares incentivar os atletas de 1º ano de categoria. Sabemos que as competições de handebol, tanto as escolares, quanto as da Federação e das Ligas, dividem as categorias a cada dois anos (12A, 14A, 16A, 18A). Com isso, em função das diferentes etapas de amadurecimento das crianças, acaba existindo evidentes diferenças – que são normais – entre as crianças de 11 e 12 anos (todas do mirim) e assim por diante. As crianças de primeiro ano, obviamente, acabam participando menos”.

Para sanar esse problema, os atletas se dividem em categorias sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17 para disputarem a Copa Pinheiros. Os jogos começam em março e vão até setembro. De acordo com Xexa, houve uma diminuição na evasão de atletas do primeiro ano depois da criação do evento.

Valorização da criança. É com esse pensamento que trabalha o EC Pinheiros, atuando com a auto-estima do jovem aspirante e incentivando-o sempre a participar. No infantil do clube, o que vale mais é a conquista diária vista no empenho e vontade de cada criança. “Se temos grupos de infantis numerosos, se as crianças são assíduas e participativas, se mostram prazer em estar no clube, entendemos que estamos no caminho que queremos. E temos a convicção de que, com grupos que tenham essas características, o resultado virá como conseqüência, não como meta”.



Adicione esta página... .

PARCEIROS
parceiro1    parceiro2     parceiro3 logo solumax2